Poesia Viva

terça-feira, abril 18, 2006

Do fundo da Alma...


Do fundo da Alma vem o Apêlo...
Segui-lo, às vezes, tarda!
Mas, finalmente, seguiremos o Elo,
Mesmo que a dor nos arda!

Limparemos o coração com actos
De puro SERVIÇO e então,
Só então, ficaremos aptos
A abrir o nosso coração!

Tal como Prometeu tentou
O Fogo do Céu roubar
E a Humanidade esperou
Que ele lho viesse entregar,

Sejamos nós capazes de Coragem
Agora e até ao fim desta viagem!

Isabel

(Foto de Isabel - Elvas, Portugal)

30 Comments:

Enviar um comentário

<< Home